Fatores de risco extrínsecos

Quatro fatores extrínsecos1, 24 são os mais comuns referidos como fatores de risco de lesão tecidular:

  1. Pressão1, 24
  2. Cisalha1, 24, 25, 26
  3. Microclima da pele1, 27 – calor e humidade
  4. Fricção1 – esta força tem sido incluída historicamente nesta lista, mas é atualmente discutida em separado, sendo as feridas descritas como feridas por fricção

Frequentemente, é a combinação das forças que cria um maior risco no paciente vulnerável. A deformação do tecido ocorre nos tecidos mole, adiposo, conjuntivo e muscular quando estas forças ocorrem, causando tensões e esforço que afetam a perfusão e os mecanismos celulares essenciais à normal função. Em situações clínicas, observam-se geralmente forças não uniformes e frequentemente estão presentes forças de cisalha. A idade, estilo de vida e doenças crónicas podem afetar a capacidade de resposta a estas forças.