Elementos-chave no tratamento

Elementos-chave no tratamento – adaptado a partir das recomendações do Painel - Prevention and treatment of pressure ulcers: clinical practice guideline. Washington DC: National Pressure Ulcer Advisory Panel; 2009.1

  • Classificar a úlcera – utilize uma ferramenta válida, instrua a equipa de cuidados de saúde das técnicas específicas necessárias no tratamento de pacientes com pigmentação da pele escura e na diferenciação de outras feridas.
  • Avaliar e monitorizar a cicatrização – avalie a úlcera, pelo menos, uma vez por semana – monitorize a cicatrização usando uma ferramenta validada – modifique os protocolos de tratamento quando o progresso não corresponde ao esperado.
  • Assegurar que as necessidades nutricionais são avaliadas e que é dada uma resposta com apoio nutricional e consulta com nutricionista.
  • Avaliar a dor – a dor pode ocorrer durante os procedimentos e em descanso - use uma ferramenta de avaliação da dor validada, como seja uma tabela de classificação visual análoga.
  • Assegurar que são implementadas estratégias para o alívio da dor adequadas
  • Escolha uma superfície de apoio adequada e tenha cuidado ao posicionar os pacientes - deve estar ciente das necessidades especiais dos pacientes de cuidados críticos ou com lesões na espinha dorsal e obesidade.
  • Seleção do penso – basear a seleção na natureza específica da ferida individual – considere o nível de exsudado, a condição do leito da ferida, infeção, localização e condição da pele envolvente. Adotar um ambiente húmido é essencial para uma cicatrização ótima. Considere também selecionar pensos que reduzem a dor e o trauma, como sejam pensos de silicone macio.
  • Avaliar e tratar a infeção.
  • Considere a utilização de terapias especiais – tal como TPNF.